Cabelo com química: 4 cuidados essenciais que você precisa ter

cabelo com química
4 minutos para ler

Quem tem cabelo com química sabe da necessidade de cuidar das madeixas para garantir que elas se mantenham bonitas e saudáveis. Isso é importante porque processos como o alisamento e a tonalização, além de modificarem as características naturais dos fios, também podem fragilizá-los e causar danos ao couro cabeludo.

Normalmente, quem mais sofre com esse tipo de procedimento é a cutícula capilar, parte mais externa e visível, responsável por sinalizar características como a hidratação e a pigmentação. Algumas consequências de tratamentos malsucedidos podem ser o ressecamento, a quebra, a porosidade e até mesmo a queda.

Por isso, preparamos 4 dicas que vão ajudar a assegurar que você pode fazer os procedimentos que mais curte, sem comprometer a saúde e beleza dos fios. Curiosa para saber quais são essas dicas? Continue a leitura e veja!

1. Hidrate o cabelo com química periodicamente

O cabelo quimicamente tratado precisa de cuidados constantes. É interessante fazer hidratação em casa uma vez por semana e investir em procedimentos mais profissionais a cada 15 dias. O seu cabeleireiro pode indicar a você em que investir — cauterização, reconstrução ou hidratação no salão — e com que frequência.

Aposte em um cronograma capilar personalizado para o seu caso e o siga religiosamente. Os cuidados pós-química são importantíssimos para manter o visual conquistado com o procedimento e fazer com que os cabelos continuem bonitos em médio e longo prazo.

2. Respeite o intervalo entre uma química e outra

Dê um chega para lá na ansiedade! Lembre-se sempre de respeitar o período de pausa entre uma química e outra. Isso é essencial para evitar reações indesejadas como o enfraquecimento do cabelo, a quebra e a queda.

Permitir que as madeixas possam descansar entre processos ajuda na recuperação. Assim, é importante nutrir e fortalecer o cabelo, antes de propor novas modificações em suas características naturais.

Outra dica importante é nunca deixar de fazer o famoso teste de mecha, que a aplicação de um produto em apenas uma pequena porção dos fios, para saber se todo o cabelo vai resistir ao processo.

3. Use os produtos adequados no dia a dia

Que tal investir em produtos específicos para quem tem cabelo com química? Isso garante que você ofereça aos fios os componentes específicos que eles precisam, evitando assim problemas como a opacidade e o ressecamento.

A dica ajuda a reconstruir a fibra capilar. Para acertar 100% na escolha, conte com seu cabeleireiro: ele pode ser um ótimo parceiro para indicar os produtos mais adequados para você.

4. Proteja o cabelo de agressores externos

Os raios solares são exemplos de fatores externos que agridem diariamente o cabelo sem que sequer percebamos isso. Eles ressecam e desbotam os fios, por isso precisamos nos proteger bem deles. Sabe como? É só investir em um creme de pentear ou leave-in que tenha proteção UV.

Ah, mas não adianta passar o produto apenas uma vez e depois se esquecer dele: esse tipo de procedimento precisa ser refeito durante o dia para surtir efeito, ok? Para completar, lembre-se também de passar cremes específicos para proteger os cabelos antes de usar o secador ou a chapinha.

Cuidar de cabelo com química pode ser uma tarefa simples, desde que você tenha disciplina. Medidas como hidratar o cabelo e usar os produtos certos — além de respeitar o intervalo entre uma química e outra — vão, com certeza, ajudar a estender o efeito positivo da química e, ao mesmo tempo, a manter a saúde e a beleza dos fios.

Gostou das dicas? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e troque dicas com seus amigos!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-