Como fazer limpeza de pele em casa com 7 dicas incríveis

17 minutos para ler

Um dos segredos para ter uma pele perfeita é mantê-la limpinha, pois assim ela pode respirar e se regenerar todos os dias. Além do mais, quando retiramos as células mortas e as impurezas, aparece uma cútis mais viçosa e iluminada. Mas, e aí, você sabe como fazer limpeza de pele caseira? 🤔

Muita gente acha que só dá para limpar a pele profundamente com um profissional, mas, na verdade, com alguns passos é possível fazer isso em casa de maneira efetiva. Quer aprender como? Então, continue a leitura porque vamos explicar tudo o que você precisa saber para ter o rosto lisinho e renovado! 😉

Dicas de como fazer limpeza de pele em casa

Ainda duvida de que tem como fazer limpeza de pele sozinha e obter um resultado incrível? Pois siga os passos abaixo e se surpreenda!

1. Higienize o rosto

O primeiro passo é higienizar bem a pele, a fim de tirar a poluição e as sujidades que se acumulam no dia a dia. Se você estiver de maquiagem, é importante removê-la antes de começar todo o processo.

Para isso, indicamos que você use a Micellar Water BEYOUNG: uma água micelar que remove toda a make sem agredir a sua pele. Além disso, purifica e equilibra o pH da cútis. Ela não pode faltar no seu nécessaire de maquiagem! 💄

Agora é a hora de limpar com o sabonete específico para o seu tipo de pele. São tantas opções disponíveis no mercado que a gente até fica perdida quando vai comprar, não é? Mas, calma que vamos ajudar você nessa missão.

Não sabe exatamente em qual tipo a sua pele se encaixa? Então, olha só a descrição de cada uma:

  • normalpele com toque macio, poros discretos e com aspecto uniforme;

  • oleosa: tem um brilho excessivo, poros abertos, tendência a cravos e espinhas, e aparência grossa;

  • seca: é áspera e porosa, parece craquelada e tende a descamar facilmente;

  • mista: apresenta características dos dois tipos anteriores — oleosa na zona T (testa, nariz e queixo) e seca no restante do rosto, como perto das bochechas, ao redor da boca e rente às sobrancelhas.

Tipos de sabonete para a pele do rosto

Fica bem mais fácil buscar o sabonete ideal depois de descobrir qual é o seu tipo de pele, não é mesmo? Saiba que o mais importante são os princípios ativos e que a apresentação deve ser de acordo com o que acha mais prático ou eficaz, ok? Pode ser barra, mousse, líquido, gel ou outra: você escolhe. 😃

Pele normal

Nesse caso, o ideal é procurar por produtos que contenham extrato de hamamélis, própolis, cânfora ou alantoína na fórmula. Esses compostos mantêm a oleosidade controlada, ao mesmo tempo em que hidratam a pele após a lavagem.

Pele oleosa

O melhor sabonete facial para a pele oleosa é o adstringente, já que ele combate o excesso de oleosidade. Prefira o que tenha base de hamamélis e própolis, pois são substâncias que previnem o aparecimento de espinhas.

Outros elementos importantes são o ácido salicílico, o enxofre e a sulfacetamida sódica, que também contribuem para manter a oleosidade equilibrada e evitar os inconvenientes característicos desse tipo de pele.

Pele seca

Ela precisa de uma limpeza suave e de hidratação intensa. Sendo assim, busque por sabonetes à base de compostos oleosos e hidratantes, como a manteiga de karité, a lanolina, o óleo de amêndoas, o lauril sulfato de sódio e o extrato de semente de uva.

Pele mista

Quem tem pele mista precisa aliar duas variedades de sabonete facial: o de pele oleosa e o de pele seca. Basta aplicá-los no rosto conforme o aspecto de cada região até que se igualem. Dessa maneira, a face fica com aspecto saudável, hidratada e longe da oleosidade.

Pele sensível

É aquela que se irrita com facilidade. Muitas vezes, os outros tipos de pele também podem passar por uma fase de maior sensibilidade. É aí que entra os princípios ativos calmantes, como o extrato de camomila e a erva-doce, que são capazes de amenizar a vermelhidão, manchas e erupções.

Como limpar corretamente

Já escolheu o seu sabonete facial? Então, já pode higienizar a sua pele de forma adequada. Basta umedecê-la, colocar um pouco do produto nas mãos, fazer espuma e massagear o rosto com carinho.

Sinta cada parte da sua face sendo limpa. Nada de aplicar com força, viu? Esse é um momento de cuidado com você e deve ser tratado como tal. Após a massagem, enxágue o rosto com bastante água e use uma toalha macia para secar. Pressione-a suavemente sobre a pele, sem esfregar.

2. Abra os poros

Depois da higienização, você deve abrir os poros da pele para retirar todas as impurezas e o sebo que ficam presos dentro deles — e que são um prato cheio para a formação de cravos e espinhas.

Com os poros abertos, fica mais fácil limpar profundamente e, até mesmo, fazer a remoção dos cravinhos, míliuns e espinhas. Além disso, a pele absorve melhor os princípios ativos dos produtos de beleza que você usa no dia a dia.

Aprenda agora os dois modos caseiros de realizar essa etapa da limpeza.

Vapor

O vapor 🧖🏻 é bacana para quem vai fazer limpeza de pele caseira porque o calor faz os poros se dilatarem. Fora que não precisa de muitas coisas: apenas uma bacia, uma toalha, água quente e ervas secas ou óleos essenciais, se quiser.

É só colocar a água quente na bacia, chegar o rosto sobre o vapor e cobrir com uma toalha. Você deve ficar nessa posição por, mais ou menos, 15 minutos. Passado esse tempo, enxugue a pele e faça o próximo passo.

Argila verde

Para quem não curte ficar no vapor, existe outra maneira de abrir os poros. A argila verde é um tipo de lama que contém minerais importantes, como cálcio, fósforo, magnésio, selênio, silício e outros. Tudo isso ajuda a purificar a pele, por retirar as impurezas e dilatar os poros.

Além do mais, a substância faz uma leve esfoliação, caso você massageie enquanto a aplica, já que tem pequenos grãos. Após 15 minutos de descanso, retire a argila com água morna.

3. Esfolie para renovar

Você sabe o que é a esfoliação? É uma etapa importante para remover as células mortas que se depositam por cima da pele. No processo de limpeza, ela ajuda a desentupir os poros e facilita a extração de cravos e espinhas. Quando o rosto fica opaco e sem viço, basta passar um esfoliante para recuperar a luminosidade.

Mas, como escolher esse produto? Há quem recorra a itens caseiros, como fubá, açúcar e aveia. Acontece que, no rosto, é interessante usar um cosmético próprio, cujos grânulos têm tamanho uniforme e que não machucam a pele da região.

É comum as pessoas acharem que esse produto serve para todos os tipos de pele — o que não deixa de ser verdade, na maioria das vezes. Porém, alguns são mais indicados para ajudar a tratar os problemas da cútis. Veja!

Pele oleosa

Para as peles oleosas e acneicas, as melhores opções são os esfoliantes que contêm ativos anti-inflamatórios e bactericidas, como o ácido salicílico. Massagear o rosto com eles é bom para tratar e prevenir espinhas e cravos.

Pele seca

A esfoliação é um procedimento fundamental no caso da pela seca, que costuma eliminar muitas células mortas. Como não é possível esfoliar e hidratar ao mesmo tempo, é importante que se faça uma massagem suave para não ressecar a pele.

Pele sensível

Esse tipo de pele merece um cuidado especial para amenizar a vermelhidão e as bolinhas. Nesse sentido, escolha um esfoliante que tenha microesferas de quartzo e faça movimentos delicados.

Pele normal

A pele normal é a que não apresenta os problemas já mencionados aqui. Portanto, pode ser usado o esfoliante que preferir, como os que contêm grânulos naturais (sementes e cereais) ou os sintéticos (quartzo e ácido salicílico).

Para fazer a esfoliação, umedeça o rosto e aplique o esfoliante com massagens circulares, sem empregar força. Quando sentir que todo o rosto se beneficiou do produto, enxágue com bastante água. 🚿

4. Retire as impurezas

Boa parte das pessoas tem mania de espremer cravos e espinhas, não é mesmo? Vale lembrar que essa prática requer técnica e cuidados para você não acabar com o rosto marcado e cheio de manchas.

Extração de cravos e espinhas

Você precisa seguir alguns passos para retirar os pontinhos pretos e as espinhas. Caso contrário, pode contaminar e inflamar ainda mais o rosto. Veja como é simples:

  • lave as mãos com água e sabão;

  • com a ponta dos dedos indicadores, sem usar as unhas, pressione levemente as laterais do cravo ou da espinha até removê-los, sem machucar;

  • repita a ação anterior em todo o rosto.

Hoje em dia, é fácil encontrar alguns aparelhos eletrônicos que removem as espinhas e os cravos a partir da sucção da pele. Essa também é uma ótima solução para quem não tem segurança de extrair com os dedos.

Máscara removedora de cravos

Essa máscara virou febre por prometer eliminar os cravos do nariz. Após a aplicação, ela seca e forma uma espécie de filme adesivo na pele. Ao puxá-la, os cravos saem nela e a cútis fica mais limpa. Fica a dica se você não tem experiência em espremer com os dedos. 😊

5. Equilibre o pH da pele

Essa etapa serve para controlar a oleosidade das peles oleosas e o ressecamento das secas. Para isso, usamos o adstringente ou o tônico facial, produtos que removem as impurezas e toxinas acumuladas no dia a dia. Agora com a pele livre dos pontinhos pretos, a gente passa o produto com um algodão limpo e vê todo o resto de sujidade saindo.

Mas, afinal, é melhor usar o tônico ou o adstringente? Entenda a diferença entre eles para descobrir a resposta.

Tônico facial

Esse é o mais indicado para as peles secas e normais porque contém princípios hidratantes. Ou seja, além de toda a função que já falamos, ele é capaz de devolver parte da água perdida.

Adstringente

O adstringente é ideal para combater o excesso de produção de sebo da pele oleosa. Ao contrário de outras substâncias adstringentes que dão efeito rebote, como leite de magnésia, o produto específico para essa finalidade é capaz de manter a pele sequinha por mais tempo.

6. Use o hidratante ideal

A hidratação da pele é primordial para prevenir rugaslinhas de expressão e o envelhecimento precoce. Além do mais, ela é necessária para estar sempre bonita e saudável — e é isso o que queremos, não é verdade?

Com todos os outros passos feitos, é a vez de repor os nutrientes dos quais a nossa pele precisa. Reforçamos: cada uma tem uma necessidade diferente e, por isso, princípios ativos também distintos. Quer saber o que procurar na sua máscara ou creme hidratante para o rosto? Confira as nossas orientações.

Pele seca

A pele seca é a que mais precisa de hidratação, pois não consegue produzir oleosidade o suficiente para se manter. Se for o seu caso, opte por produtos com maior quantidade de substâncias hidratantes, como manteigas e óleos vegetais.

Peles com essa característica também tendem a sofrer com o envelhecimento precoce. Para prevenir, é necessário que o produto contenha vitaminas A, C e E. Tais substâncias são poderosas antioxidantes que combatem os radicais livres responsáveis pela morte prematura das células.

Pele oleosa

Muita gente acha que a pele oleosa não necessita de hidratação, pois já tem a oleosidade natural. Mas esse é um grande engano! A pessoa também tem que cuidar por meio de produtos adequados que repõem a água sem estimular a produção de sebo.

É importante checar na embalagem se o hidratante é “oil free”. Isto é, livre de óleo na sua composição e com formulação leve e de fácil absorção, como os produtos na versão em gel. Aliás, é interessante procurar esse termo em outros produtos para a pele, como base e filtro solar.

Pele normal

Como essa pele não tem problemas em relação à hidratação, as loções podem ser tanto com base aquosa quanto séruns. Embora não apresente ressecamento, também deve ser hidratada para se manter sempre jovem e viçosa.

Os cosméticos que contêm vitamina C são uma ótima pedida — por serem antioxidantes, como explicamos. Portanto, não pense que pode pular essa etapa só porque tem a pele normal, ok? Ela é fundamental para a saúde e a beleza da cútis.

Pele mista

No caso dessa pele, lembra que falamos da necessidade de usar duas variedades de sabonete na fase de higienização? O mesmo se aplica no momento da hidratação. Para escolher os produtos, veja as dicas do tópico sobre sabonete.

É essencial aplicar nos lugares certos para equilibrar o rosto e deixá-lo hidratado, macio e saudável. Hoje em dia, é possível achar produtos inteligentes que servem para todos os tipos de pele. Eles também são uma boa opção para quem quer praticidade nessa hora.

7. Aplique o hidratante corretamente

Não pense que basta colocar uma porção no rosto e espalhar de qualquer jeito. Ao aplicar o hidratante, é preciso massagear para que a pele absorva os nutrientes do cosmético. 💆🏽

A forma certa potencializa os efeitos e estimula a produção de elastina e colágeno — elementos que dão sustentação e firmeza à pele. Caso contrário, você não vai ter todos os benefícios que o produto promete. Veja, a seguir, como fazer.

Testa

Comece a aplicar de baixo para a cima, na região entre as sobrancelhas, e siga em direção ao couro cabeludo. Além disso, faça movimentos suaves para a esquerda e para a direita. Repita o processo até que o produto seja totalmente absorvido.

Olhos

Passe o creme em movimentos rotatórios em volta dos olhos, sempre de dentro para fora, até que não sinta mais o produto. Essa massagem estimula a circulação sanguínea do local, o que ameniza o inchaço e as olheiras. Lembre-se: por ser uma região sensível, os gestos devem ser delicados e suaves, sem excesso de produto.

Boca

Coloque uma pequena porção de creme na ponta dos dedos e massageie de dentro para fora, com início na parte central logo abaixo do nariz. Depois, entre o queixo e o lábio inferior. Repita quantas vezes forem necessárias para a penetração do produto.

Pescoço

Embora a limpeza de pele seja feita no rosto, também é necessário aplicar hidratante no pescoço. Aliás, essa é uma região em que o envelhecimento precoce não perdoa, então é preciso se cuidar. Coloque uma quantidade razoável de creme nas mãos e massageie o pescoço de cima para baixo em direção ao colo.

Bochechas

Aqui, os gestos são circulares, de dentro para fora. Você vai começar pelo queixo e seguirá em direção às têmporas. Essa massagem é bacana para dar firmeza aos músculos e, consequentemente, evitar a flacidez.

Queixo

Para aplicar o hidratante no queixo, comece da região central dele e suba para as bochechas, sempre com esse movimento diagonal de baixo para cima. Continue fazendo até o creme sumir por completo.

Viu como tem uma técnica especial para aplicar o hidratante no rosto? Se você já sabia disso e pratica diariamente, parabéns! 👏 Agora, se não sabia, aprenda direitinho para ter o rosto sempre hidratado e saudável! 👍

Recomendações importantes sobre o procedimento

Com a cútis livre de cravos e espinhas e os poros desobstruídos, as substâncias dos cremes e das máscaras hidratantes conseguem agir com mais efetividade. Você vê esse efeito na hora e constata a importância da limpeza de pele.

Além do mais, todos os outros dermocosméticos que você usa serão mais eficazes, já que a cútis ficará prontinha para recebê-los. Após todo esse ritual de cuidado com o rosto, é possível sentir a leveza de uma pele verdadeiramente limpa!

É recomendado repetir o procedimento uma vez por mês. Assim, a pele se beneficia ainda mais a cada limpeza e não acumula sujidades. De qualquer forma, é sempre bom consultar um dermatologista para a prescrição certa tanto dos produtos quanto da periodicidade da limpeza de pele.

Outro ponto importante: quem tem a pele acneica ou com outros problemas deve buscar ajuda profissional para fazer o procedimento.

Cuidados básicos após a limpeza de pele

Achou que era só aprender como fazer limpeza de pele e pronto? Nada disso! Depois dela, é imprescindível passar o protetor solar porque a cútis estará sensível, já que passou por esfoliação e remoção de cravos e espinhas.

Caso não o utilize logo após o procedimento, você ficará suscetível às manchas, o que não é legal. Então, se liga nas dicas que preparamos, desde a escolha até como usar esse produto corretamente:

  • escolha aquele que seja adequado ao seu tipo de pele, como o oil free para peles oleosas ou com substâncias hidratantes para as secas;

  • considere o FPS (fator de proteção solar) — acima de 20 para a pele negra, acima de 30 para a morena clara, e acima de 50 para a muito branca;

  • passe uma pequena quantidade (uma colher de chá para todo o rosto está de bom tamanho);

  • aplique massageando a loção até a completa absorção;

  • lembre-se de aplicar nas orelhas, no pescoço e na nuca;

  • passe o protetor, pelo menos, 30 minutos antes de sair de casa;

  • reaplique conforme orientação do fabricante.

Além de evitar que a sua pele fique com marcas, esse produto previne o envelhecimento precoce e até mesmo o câncer de pele. Também vale a pena investir em proteção extra, como bonés, chapéus e óculos. Em caso de exposição prolongada aos raios solares, você estará segura.

Então, já sabe: não saia de casa sem usar o protetor solar. Aliás, não custa lembrar que o produto também é indicado mesmo em dias nublados e chuvosos, e dentro de ambientes com luz artificial.

Viu como fazer limpeza de pele é mais fácil do que você imaginava? Com apenas alguns passos, você desintoxica a sua cútis, se vê livre de cravos e espinhas, assim como deixa o rosto mais saudável, bonito e com um aspecto jovial. 😍

Gostou deste post? Saiba que a gente libera vários conteúdos com dicas incríveis de beleza, saúde, comportamento e bem-estar. Assine a nossa newsletter e receba tudo em primeira mão! 😘

 

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-