Flacidez no rosto: conheça 5 causas e como combatê-las

flacidez no rosto
flacidez no rosto

envelhecimento da pele é um processo que, apesar de natural, ainda atormenta muitas mulheres que estão sempre em busca de soluções para inibir os sinais da idade. Diante dos problemas que surgem na derme com o passar dos anos, a flacidez no rosto está entre os mais comuns e se caracteriza pela degradação progressiva das fibras de sustentação cutânea, ou seja, o colágeno e a elastina.

Com isso, há uma perda do volume e contorno facial, o que provoca uma aparência permanente de cansaço. Para combater essas consequências, é essencial conhecer as causas da pele flácida e os tratamentos disponíveis. Ficou interessado no assunto? Então, não deixe de continuar a leitura deste post! 😉

Quais são as causas da flacidez no rosto?

Você sabia que a flacidez não tem uma única causa? Inúmeros fatores podem contribuir para que o problema apareça. Abaixo, listamos os principais e explicaremos cada um deles. Acompanhe!

1. Fatores hormonais

Após os 30 anos, os níveis hormonais em nosso corpo caem drasticamente, aspecto que impacta negativamente nosso metabolismo. Desse modo, o organismo já não trabalha como antes e os efeitos disso podem ser sentidos, literalmente, na pele. 😓

Com a chegada da menopausa, por exemplo, os níveis de desidroepiandrosterona (DHEA) — considerado o hormônio da juventude — diminuem e provocam a queda da produção de colágeno, concentração de ácido hialurônico e outros componentes preenchedores.

Assim, a derme perde elasticidade, gordura e tônus muscular, o que a torna mais flácida.

2. Tabagismo

Anteriormente, o tabagismo era considerado um fator secundário do envelhecimento cutâneo. Entretanto, hoje ele está entre os principais responsáveis pela formação das rugas profundas e desenvolvimento da flacidez no rosto.

Isso porque o fumo reduz a produção das fibras que dão firmeza à pele, além de elevar a quantidade de enzimas que digerem as substâncias que sustentam as células cutâneas. Também baixa os níveis de antioxidantes e estimula a liberação de íons superóxidos. A partir daí, lesões celulares surgem e resultam na flacidez.

3. Alimentação ruim

A ingestão de alimentos saudáveis mostra-se fundamental para a qualidade da pele. Por esse motivo, dietas ricas em açúcares, gordura e que não proporcionam todos os nutrientes essenciais para o organismo influenciam no surgimento da flacidez no rosto.

Uma alimentação rica em doces faz com que uma molécula de glicose se una às proteínas que sustentam a derme. Essa união gera instabilidade e ocasiona a quebra desses elementos que atuam na sustentação da cútis.

4. Exposição ao sol sem proteção

Ficar exposto ao sol sem se proteger causa danos a curto e longo prazo. Os raios ultravioletas prejudicam a camada da face em que se encontra o colágeno e destroem a sua estrutura, o que leva à diminuição da firmeza da pele. ☀️🚫

5. Causas naturais

Como dito anteriormente, o envelhecimento é um processo inevitável. Isso significa que a flacidez no rosto poderá acontecer naturalmente, mesmo que a derme não seja impactada com os principais fatores que deixam a pele flácida.

Quais são os sinais de flacidez?

Geralmente, os sinais de flacidez começam a aparecer a partir dos 25 anos, mas só se intensificam após a menopausa. Entretanto, pessoas com a pele clara, que se expõem ao sol frequentemente sem proteção ou que perderam muito peso, podem notar mais esse problema. Veja as características:

  • contorno facial pouco definido;
  • aparência de cansaço;
  • bochechas caídas;
  • elasticidade comprometida.

Como começar a tratar a flacidez no rosto?

Diversos tratamentos podem ser utilizados para amenizar ou até eliminar a flacidez. A seguir, apresentaremos algumas possibilidades a você. Confira!

Séruns

Os séruns — como Beyong Booster — são produtos que têm ativos concentrados para o tratamento da derme e foram desenvolvidos para serem usados diariamente na rotina de cuidados com a pele. Atuam no combate à perda do volume, densidade e elasticidade cutânea, com o intuito de melhorar o contorno e a firmeza facial.

Os resultados começam a ser sentidos na terceira semana de uso, mas são mais perceptíveis após três meses.

Laser CO2

A aplicação do laser CO2 é um procedimento que provoca uma queimadura na pele que, ao cicatrizar, estimula a produção de colágeno e a retração da cútis. Dessa forma, costuma ser muito eficaz para tratar a flacidez, bem como rugas finas.

Massagens faciais

A atrofia da musculatura do rosto também resulta em uma pele flácida. Portanto, uma boa forma de melhorar esse problema é por meio de massagens faciais diárias, que estimulam os músculos, a circulação sanguínea, ajudam na renovação celular e, assim, dão maior firmeza à face. 💆

Como fazer

Após realizar a limpeza da pele, aplique um creme potente na testa e bochechas. Inicie fazendo movimentos constantes, de baixo para cima, levantando as maçãs do rosto. Em seguida, na zona T, massageie do centro da face para fora.

É importante também dar atenção ao pescoço. Por esse motivo, em movimentos verticais, movimente as mãos de baixo para cima. Repita esse processo todos os dias, pois ele funciona da mesma maneira que o corpo na academia, a partir de repetições diárias.

Peeling químico

O peeling químico promove uma esfoliação que estimula a produção de colágeno. O mais comum é o de ácido retinóico — um derivado da vitamina A — que causa a descamação da pele e propicia o surgimento de uma nova camada cutânea com menos manchas, poros mais fechados, linhas de expressão amenizadas e firmeza.

Microagulhamento

O microagulhamento é um procedimento que utiliza um rolo com minúsculas agulhas para estimular o organismo a produzir mais colágeno e elastina. É um tratamento bastante eficaz, com resultados satisfatórios para o rejuvenescimento.

No entanto, eles são vistos apenas a longo prazo, já que as substâncias firmadoras levam um tempo para serem produzidas. Além disso, vale destacar que o número de sessões varia de acordo com o grau de flacidez.

Perceba então que, embora a flacidez no rosto seja um problema comum, é possível tratá-la e devolver vitalidade à pele. Uma cútis macia, firme e bonita, sem dúvidas, recicla a autoestima e proporciona mais confiança nas situações do dia a dia.

E aí, gostou deste post? Então, aproveite para entender tudo o que você precisa saber sobre massagem facial. Até a próxima! 😘

 

Posts Relacionados

2 comentários em “Flacidez no rosto: conheça 5 causas e como combatê-las”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *