Manual completo dos looks para trabalhar

looks para trabalhar
17 minutos para ler

looks para trabalhar

Assim como o discurso, as atitudes e a postura, a maneira como você se veste é parte importante da construção da sua imagem pessoal — e é a partir dessa imagem que as outras pessoas têm acesso a quem você é.

Agora, imagine o quanto isso é crucial na área profissional? Por isso, muita gente vive o maior dilema todas as manhãs, ao decidir seus looks para trabalhar.

De maneira geral, o trabalho pede uma apresentação impecável. Essa exigência é ainda maior quando o ambiente corporativo é mais formal ou quando se ocupa um cargo de destaque ou liderança. Além disso, esse é o lugar onde você, provavelmente, vive a maior parte do seu dia. Então, por que não investir no visual?

Para acabar com esse dilema diário e ajudá-la a se sentir mais confiante e bonita com seus looks de trabalho, produzimos este guia com todas as informações que você precisa. Quer ter uma vida mais prática? Vem com a gente!

O que ter em mente ao criar looks para trabalhar?

Para criar bons looks de trabalho, você precisa levar alguns pontos em consideração, e é sobre eles que vamos falar aqui. Entretanto, não se esqueça que o nosso objetivo neste artigo não é ditar regras ou dizer o que fazer e o que não fazer.

Vamos apenas apresentar algumas informações para que você identifique quais delas são úteis na sua realidade — afinal, o que mais importa é o bom senso, não é verdade?

Código de vestimenta da empresa

A primeira coisa a fazer é identificar qual é o código de vestimenta da empresa em que você trabalha.

Algumas organizações têm regras bem claras e específicas, enquanto outras não deixam essas normas tão explícitas — nesse caso, é bom observar o comportamento dos outros funcionários e levar em consideração quais são os valores, objetivos e a cultura da instituição.

Assim, você descobre, por exemplo, qual é o nível de formalidade exigido em suas produções.

Profissão e cargo

Também é importante avaliar quais são as especificidades da sua atividade profissional e do cargo que você ocupa na empresa.

Algumas profissões têm seus próprios códigos de vestimenta e, além disso, existem funções que pedem uma atenção maior na hora de montar as produções.

Se você ocupa uma posição de liderança, por exemplo, é legal transmitir ainda mais seriedade e competência com sua maneira de se vestir — isso pode, inclusive, ajudá-la a se sentir mais segura para exercer suas atividades.

Conforto

Enquanto estiver no expediente, você deve estar totalmente concentrada nas atividades que precisa realizar. Portanto, é essencial escolher um look que a faça se sentir confortável para trabalhar da maneira mais tranquila possível.

Roupas, sapatos e acessórios que machucam, incomodam, atrapalham seus movimentos e a fazem ficar preocupada se está mostrando demais: definitivamente, não são boas opções!

Estilo pessoal

Depois de considerar o conforto, a função que você exerce e o código da empresa, ficou faltando um elemento superimportante: o estilo pessoal. Afinal, você não se resume à profissional e à colaboradora de determinada empresa, não é mesmo?

Para se sentir realmente segura e feliz consigo mesma, é essencial que a sua personalidade tenha lugar nas suas roupas. Portanto, não se esqueça de deixar o seu estilo aparecer na escolha de algumas peças, na maneira de combiná-las, no uso das cores e estampas ou nos mínimos detalhes do seu look de trabalho.

Quais cuidados são essenciais para manter uma boa aparência no trabalho?

O que fazer, na prática, para manter uma aparência impecável para o ambiente de trabalho? Vamos, a seguir, apresentar algumas dicas simples e práticas. Confira!

Mantenha o autocuidado em dia

Nem é preciso mencionar, mas é fundamental que o seu autocuidado esteja sempre em dia, o que inclui manter cabelos, pele, unhas, dentes e depilação em ordem. Afinal, seja qual for o seu trabalho, uma mensagem de desleixo não é o que você quer passar — além disso, pele bem cuidada e cabelos hidratados são detalhes que interferem muito na sua aparência.

Portanto, deixe a preguiça de lado e comece já o seu cronograma de beleza!

Invista em itens de qualidade e com bom caimento

Alguns detalhes ajudam a construir uma imagem séria e responsável. Pensando nisso, é importante que suas roupas, sapatos, bolsas e acessórios estejam sempre impecáveis: limpos, em bom estado de conservação e, de preferência, fabricados com materiais de qualidade e com bom acabamento.

Ah! Não se esqueça de escolher itens no tamanho certo, com caimento perfeito no seu corpo. Isso faz toda a diferença no visual. Para isso, é essencial que você conheça bem as suas formas e descubra como valorizar pontos fortes e disfarçar pontos fracos.

Modere na sensualidade

Se você quiser adicionar um toque de sensualidade à produção, lance mão das fendas e decotes — mas com moderação, bom senso, e apenas se forem mais rasos. Transparências também podem aparecer em alguns detalhes das peças, de maneira discreta, como no colo ou nos ombros.

Lingerie aparecendo, roupas muito justas, peças que escorregam ou sobem e acabam mostrando demais, tecidos finos que marcam o corpo: é melhor que esses itens sejam usados em outras ocasiões.

Saias e vestidos muito curtos também não são tão adequados aos looks de trabalho, assim como os sapatos de salto muito alto e fino — até mesmo porque esses itens podem ser bastante incômodos ao longo do dia.

Cuidado com peças muito informais

É claro que isso varia muito de acordo com a empresa em que você trabalha e a sua função. Tênis descolados ou esportivos, assim como camisetas divertidas e regatas básicas podem ser perfeitas para empregos que não exigem formalidade, mas, se esse não é o seu caso, prefira roupas e calçados que têm um ar mais sóbrio.

Outros itens que podem entrar na lista de “evitáveis” são as botas com cano muito longo ou modelos de rasteirinhas mais simples e informais.

Na dúvida, aposte no “menos é mais”

Se a empresa em que você trabalha tem um código de vestimenta mais rígido, o trabalho não é o melhor lugar para usar produções extravagantes e chamativas. Para não errar, o melhor é apostar no mais sutil e discreto.

Nesse sentido, alguns detalhes são importantes: evite unhas muito compridas, maquiagem carregada, combinações exageradas de acessórios, sapatos barulhentos e perfume em excesso, por exemplo.

Quais são os itens chave dos looks de trabalho?

Algumas peças são grandes curingas dos looks de trabalho. Com esses itens em seu guarda-roupa, será bem mais fácil criar combinações de maneira prática e eficiente. Quer gastar menos tempo nas suas manhãs? Não deixe de ler!

Calças de alfaiataria

As calças de alfaiataria são um grande clássico dos looks formais. Por serem mais retas e estruturadas, proporcionam conforto, elegância, e são perfeitas para ir ao trabalho.

Além do modelo preto básico, existem muitas versões diferentes dessa peça. Você pode, por exemplo, brincar com diversas cores e apostar em versões com barra flare, cropped, bermudas ou pantacourts de alfaiataria.

Camisa social

Assim como a calça de alfaiataria, a camisa social é um clássico do guarda-roupa feminino. A versão branca de botões e mangas compridas é praticamente obrigatória, mas também é possível diversificar as produções com modelos de diferentes cores e estampas ou apostar em peças com alguns detalhes, como laços, bordados, aplicações, babados e rendas.

Você também pode optar por diferentes tecidos, como algodão ou seda, e investir em peças de diversos modelos: de mangas compridas, curtas e sem manga. Você não vai se arrepender, já que a camisa é superversátil e fácil de combinar.

Blazer

O blazer é mais um item que vai facilitar muito a sua vida na hora de montar seus looks para trabalhar. Essa peça garante a formalidade, seriedade e elegância do look e faz com que você se sinta mais segura e poderosa. Definitivamente, não pode faltar no seu guarda-roupa!

O blazer veio do universo masculino, mas as versões femininas são mais acinturadas e dão contorno à silhueta. Quando você for comprar o seu, certifique-se de escolher uma peça com tamanho e caimento perfeitos, para não dificultar seus movimentos.

Os modelos lisos, em cores neutras como preto, bege e azul-marinho são perfeitos para um visual mais sóbrio, mas existem blazers em diversas cores e estampas. Também há versões em tecidos mais quentinhos ou mais leves.

Blusas em tecidos nobres

Existe uma regrinha que diz que a proporção ideal do guarda-roupa é cinco peças de cima para cada peça de baixo. Você deve encontrar a sua própria proporção ideal, mas, de qualquer maneira, investir em várias blusas pode facilitar muito a sua vida.

Afinal, usar a mesma parte de cima em dois dias seguidos passa uma impressão ruim, mas o mesmo não acontece em relação à parte de baixo.

Para os looks de trabalho, versões com modelagem básica, em tecidos nobres e detalhes sofisticados garantem um visual elegante e moderno. Além disso, não se esqueça de investir em um bom número de blusas em cores neutras, além de algumas peças coloridas e estampadas.

Saias e vestidos formais

Por falar em parte de baixo, você definitivamente não precisa se restringir às calças para trazer seriedade e conforto para os looks de trabalho. Existem muitas possibilidades diferentes e você pode brincar com todas elas, para variar suas produções e se sentir bonita e feminina no ambiente corporativo.

A saia social, de modelagem reta e comprimento até a altura do joelho, é uma peça clássica das produções formais. Elas tornam o look sóbrio e, ao mesmo tempo, superfeminino. Você também pode lançar mão das saias em comprimento midi, em tecidos mais fluidos ou modelagens amplas. E não podemos nos esquecer da tradicional saia lápis!

Também existem vários modelos de vestidos que funcionam muito bem, adicionando charme e feminilidade às produções formais. Prefira os modelos com modelagens mais retas e tecidos estruturados, e tenha atenção ao comprimento, decote e tipo de manga para garantir que ele é apropriado ao ambiente de trabalho.

Saltos, sapatilhas e oxfords

O calçado para ir ao trabalho precisa ser, ao mesmo tempo, elegante e confortável. Além disso, o ideal é que ele cubra a raiz dos dedos e o calcanhar ou parte dele. O salto, baixinho ou médio, é sempre a melhor opção: além do clássico scarpin, você pode optar por versões peep toe e brincar com diferentes cores.

Se você quiser descansar um pouco dos saltos, os oxfords e as sapatilhas de bico fino — o modelo bicolor é um clássico! — são ótimas opções. As sandálias estilo rasteirinha podem ser usadas apenas se forem mais fechadas e em modelos mais sofisticados.

Acessórios e bolsas

Os acessórios finalizam o visual adicionando informações de estilo, e com os looks de trabalho não seria diferente. É sempre bom investir em colares, brincos, pulseiras e anéis mais clássicos, discretos e sofisticados, como as pérolas, metais, pedras e cristais.

Também é legal contar com alguns itens poderosos, como um maxicolar ou uma pulseira larga impactantes. Basta ter cuidado para não deixar o look extravagante ou exagerar na quantidade de acessórios.

As bolsas precisam ser funcionais e elegantes, portanto, nada melhor do que versões mais estruturadas, simétricas, sóbrias, e fabricadas com materiais de qualidade. Além disso, lance mão dos lenços, echarpes e cachecóis, que adicionam charme e elegância aos looks em dias mais frios.

Maquiagem

Em relação à maquiagem, é importante não carregar demais, mas isso não significa que você precisa ir ao trabalho todos os dias com a mesma make básica. Você pode valorizar os olhos ou os lábios de várias maneiras diferentes — é possível, inclusive, investir em algumas cores, desde que sejam mais sóbrias.

Nem é preciso mencionar, mas deixe o brilho para outras ocasiões.

Não se esqueça de aplicar protetor solar e um bom primer, para que a sua make fique intacta até o fim do expediente!

Como criar looks para trabalhar nas diferentes estações do ano?

Até aqui, apresentamos algumas dicas gerais de como se vestir para o trabalho. A partir de agora, vamos ajudá-la a criar as melhores produções para cada estação do ano. Vem com a gente!

Primavera

A primavera se enquadra no que chamamos de meia estação. Isso significa que, nessa época do ano, as temperaturas oscilam muito ao longo do dia, com um friozinho nas manhãs e noites, e calor durante as tardes.

Isso, obviamente, é um problemão na hora de escolher o que vestir. Quer uma ajudinha?

Aposte na terceira peça

Para resolver esse dilema, nossa dica é apostar na terceira peça. Esse é um dos truques mais simples e conhecidos no mundo da moda. Adicionar uma peça extra ao look, além de trazer uma informação de estilo, também é útil para aquecê-la quando bate o friozinho.

Para os looks de trabalho, além do blazer, o cardigan é uma ótima opção — e as versões maxi são ainda mais charmosas.

Use estampas e cores

E, já que a primavera é também a estação das estampas e cores alegres, por que não usar esses elementos para variar seus looks básicos? Escolha uma blusa de crepe, com estampa floral de padronagem pequena e fundo escuro, ou uma camisa de seda amarela, por exemplo, e adicione uma terceira peça em tom neutro.

Para arrematar, aposte em uma calça de alfaiataria ou saia lápis e um bom scarpin.

Outra dica interessante: looks monocromáticos com as candy colors, que são leves e sóbrias, também ficam superelegantes e alongam a silhueta. Para facilitar a montagem da produção, que tal apostar em um macacão? A terceira peça também fica ótima com esse tipo de peça!

Verão

A estação mais quente do ano também traz dificuldades na hora de montar looks para trabalhar. Afinal, é preciso usar peças que a façam se sentir bem fresquinha e confortável ao longo do dia e, ao mesmo tempo, sejam elegantes e sérias. Confira nossas dicas!

Acerte na escolha dos tecidos e das cores

Os tecidos de fibras naturais — como algodão, linho e seda — são ideais para usar no calor, porque são capazes de manter a pele fresquinha e permitem sua transpiração. Blusas de seda, por exemplo, são perfeitas para o look de trabalho, já que têm um toque suave e um ar sofisticado.

Além disso, opte por cores e estampas claras, que vão absorver menos o calor — além de tornarem o visual mais leve e com a cara do verão. Aposte no branco, off-white, nude, bege e nos tons pastéis, por exemplo.

Use peças mais curtas, fluidas e amplas

No calor, peças com modelagens mais amplas e fluidas são bem mais confortáveis. A saia midi evasê, por exemplo, é uma ótima opção.

Em vez da boa e velha calça comprida, que tal investir em bermudas de alfaiataria, calças cropped ou pantacourts? Além dessas peças, os modelos de saia com comprimento no joelho e babados na barra são incríveis para trabalhar nessa época do ano — além, é claro, das versões midi e lápis.

Camisas de manga curta ou sem manga também são ideais para o verão. Vestidos em comprimento midi ou na altura dos joelhos e mangas curtas também valem. O famoso tubinho, por exemplo, é um clássico que valoriza o corpo com muita elegância.

Outono

Assim como a primavera, o outono entra na categoria de meia estação, ou seja, apresenta um clima ameno e oscilações de temperatura ao longo do dia. Portanto, ao montar os looks para trabalhar, é preciso ter essa instabilidade em mente.

Lembra da dica da terceira peça, que apresentamos no tópico da primavera? Ela também cabe superbem aqui. Vem ver outras sugestões!

Aposte nos tons terrosos e estampas clássicas

Aproveite que as cores terrosas são a cara do outono e aposte na sobriedade e elegância dos tons de marrom e mostarda. Vinho, cinza e azul-marinho também são perfeitas para essa época do ano.

Além disso, que tal lançar mão de estampas clássicas como listras, xadrez e poás? Elas podem aparecer tanto nas blusas e camisas quanto nas saias e calças, por exemplo — e combinam muito bem com o clima ameno dessa estação.

Tenha à mão alguns itens chave

Ter alguns itens chave no armário pode salvar as suas produções de outono. Podemos incluir, aqui, algumas peças que já vimos na primavera, como calças cropped, pantacourts, vestido tubinho, saias midi e lápis.

Na parte de cima, camisas de manga comprida ou três-quartos, malhas de crochê ou tricô com tramas mais abertas, blusas de gola alta e coletes são itens coringa do outono. Lenços e echarpes completam o visual.

Inverno

Você faz parte do time das pessoas que amam o inverno? A estação mais fria do ano é a oportunidade para tirar do armário suas peças mais quentinhas e se vestir de maneira superelegante para ir ao trabalho. Conheça nossas dicas!

Invista em sobreposições

Fazer sobreposições é a melhor maneira de ficar bem aquecida e, ao mesmo tempo, deixar aberta a possibilidade de retirar as camadas caso o sol esquente um pouco.

Experimente colocar um suéter de tricô por cima da camisa branca — essa é uma combinação clássica e charmosa. Você pode arrematar a produção com um casaco pesado, como sobretudo ou trench coat, dependendo da temperatura.

Além disso, abuse das mil possibilidades dos cachecóis, com suas diferentes cores, materiais, modelos e formas de amarrar!

Lance mão da meia calça

Que tal usar saia lápis com tricô? Essa combinação une duas peças de estilos diferentes e o resultado é bem interessante. Entretanto, para manter suas pernas aquecidas, é necessário lançar mão do acessório curinga do inverno: a meia calça.

A meia calça também funciona com vestidos e outros modelos de saia. As versões pretas e cor de pele são as mais recomendadas no ambiente de trabalho. Dica importante: opte por um sapato fechado, da mesma cor da meia.

Neste manual, você encontrou diversas informações que vão ajudá-la a criar seus looks para trabalhar — desde aquilo que você precisa ter em mente e o que é indicado e contraindicado, até dicas práticas de como se vestir em cada estação do ano.

Agora, é só você incorporar esse conhecimento ao seu dia a dia, adaptando-o às suas necessidades. E, lembre-se: bom senso em primeiro lugar!

Se você acha que este conteúdo foi útil para você, curta nossa página no Facebook e siga nosso perfil no Instagram para ficar por dentro de todas as postagens!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-