Conheça os 5 tipos de corpos e dicas para valorizá-los

6 minutos para ler

tipos de corpos

 

Imagine que uma amiga, com hábitos alimentares e peso parecidos com o seu, a convide para ir a uma loja que estava com uma ótima promoção na seção de jeans. Ao chegar ao local, uma calça de cintura alta chama a atenção das duas e ambas resolvem prová-la, mas, ao saírem do provador, percebem que a peça ficou completamente diferente em cada uma.

Estranho, não? No entanto, essa grande diferença pode ser facilmente explicada pela existência de diversos tipos de corpos. Por mais que a massa corporal seja a mesma, cada pessoa apresenta um formato de silhueta — e esse detalhe interfere diretamente no caimento que as roupas terão ao serem vestidas.

Portanto, é fundamental que você reconheça as características do seu corpo e, assim, possa escolher as peças mais adequadas para favorecê-lo. Preparamos este artigo para informar o que caracteriza cada um dos 5 tipos e dar dicas que vão ajudar a identificar o seu, valorizando-o. Confira!

1. Corpo ampulheta

Almejadas por muitas mulheres, as formas do corpo ampulheta lembram um violão e são conhecidas como “ideais”, por serem proporcionais. Os ombros e os quadris estão na mesma linha; o busto e o quadril são volumosos; a cintura é fina e o conjunto desses atributos o torna bastante harmônico.

O que usar?

Uma das vantagens desse tipo de corpo é que praticamente tudo fica bem nele. Porém, certos detalhes ajudam a valorizá-lo ainda mais. É recomendado investir em:

  • roupas moderadamente ajustadas na cintura;
  • decote em V, para alongar;
  • regatas e blusas sem manga, para destacar os ombros;
  • produções monocromáticas, ou seja, looks com peças de mesma cor, para garantir a harmonia.

O que não usar?

Por mais que o corpo ampulheta seja privilegiado por poder vestir diferentes modelos de roupa, há certas composições que não caem tão bem. As de corte reto, por exemplo, transformarão a silhueta em um triângulo. Também é preciso evitar camisas muito curtas, calças amplas ou estreitas demais e excesso de laços ou babados.

2. Corpo triângulo

Quem tem o corpo chamado de triangular ou “pera” apresenta os ombros estreitos e o quadril mais largo. Se uma linha for traçada de uma parte até a outra, será possível verificar que um triângulo, detalhe que caracteriza essa silhueta, é formado. Além disso, os braços costumam ser mais finos e definidos, ao passo que o busto pode ser pequeno ou médio.

O que usar?

Para enaltecer as formas, o ideal é preferir os tons claros e as estampas maiores na região superior. É possível utilizar mangas bufantes e com volume sem medo, além de abusar de acessórios como colares, echarpes e broches. Calças flare — caracterizadas pela “boca” mais larga — também são excelentes opções.

O que não usar?

Fuja de saias justas, bolsas com alças longas e calças com estampas chamativas — que chamarão ainda mais atenção para o quadril —, vestidos rodados com pregas, cintos finos e casacos muito longos. Isso porque, visualmente, tais peças causarão desequilíbrio.

3. Corpo triângulo invertido

Como o próprio nome já revela, o corpo triângulo invertido tem características contrárias às da silhueta em forma de triângulo, o que significa que os ombros são mais largos do que o quadril. Geralmente, mulheres com esse biotipo ganham mais peso na parte de cima. Ele é muito comum entre atletas da natação, devido ao trabalho constante dos músculos da região.

O que usar?

Ao escolher roupas para esse tipo de corpo, o objetivo é proporcionar harmonia. Dessa forma, as peças devem disfarçar o comprimento dos ombros e dar a impressão de um quadril mais volumoso.

Para tanto, é recomendado utilizar cores contrastantes, neutras ou vivas para balancear a estrutura corporal. Detalhes verticais na parte de cima, blusas com barras, decote em V, calças volumosas e mangas de punho amplo são bem-vindos.

O que não usar?

O propósito é disfarçar as áreas desproporcionais. Então, a pessoa deve evitar acessórios que deem mais destaque para a parte superior, como camisas com bolsos aparentes, vestidos justos demais e que marquem o corpo, leggings, detalhes horizontais e calças skinny.

4. Corpo retângulo

Esse corpo tem o formato mais reto, pois os ombros, as cinturas e os quadris estão na mesma linha. Pessoas com a silhueta em forma de retângulo normalmente são magras, com poucas curvas e pernas mais finas. Entretanto, ao ganharem massa, o peso distribui-se de maneira equilibrada.

O que usar?

A ideia é escolher roupas que criarão a ilusão de formas mais definidas. Portanto, cintas e calças pantalona e com cintura relativamente baixa são boas escolhas. Para camuflar ainda mais as linhas retas, aposte em bijuterias e acessórios poderosos, que valorizarão o look e darão mais destaque ao rosto.

Estampas com desenhos em círculos, saias com bastante volume e calças com bolsos também são ótimas opções.

O que não usar?

Para não evidenciar o formato reto, é importante evitar golas altas, roupas extremamente largas, calças de cintura alta, blusas coladas, casacos curtos — que causam desproporção entre a parte superior e a inferior — e looks com corte reto.

5. Corpo oval

Também chamado de corpo maçã, esse tipo caracteriza-se por ser arredondado principalmente na região da cintura. As costas, os seios e os braços são volumosos, o que é mais comum entre pessoas que estão acima do peso.

O que usar?

Para valorizá-lo, o foco deve se voltar para as partes mais finas, que costumam ser as pernas. Na região superior, o ideal é evidenciar a parte estreita do tronco. Aposte em tecidos encorpados, decotes em U ou V, saias e calças retas.

O que não usar?

Passe longe de saias rodadas, peças com muitos botões, sandálias que tenham tiras finas e calças ou blusas muito largas, pois tais opções geram ainda mais volume. Dê preferência aos vestidos na altura dos joelhos, para destacar as panturrilhas e valorizá-las.

Como vimos, cada forma corporal apresenta características próprias. Essas dicas são apenas sugestões, pois, apesar de existirem roupas que são mais indicadas para determinados tipos de corpos, não há regra fixa sobre o que uma mulher deve vestir.

O mais importante é que você dedique seu tempo a escolher roupas que sejam confortáveis e capazes de proporcionar autoconfiança.

E aí, gostou deste artigo? Então, aproveite para deixar seu comentário e contar para a gente se você conseguiu identificar o seu tipo de corpo!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

2 thoughts on “Conheça os 5 tipos de corpos e dicas para valorizá-los

Deixe uma resposta

-